Censura na internet: porque o Brasil caminha a passos largos para se tornar uma nova China!


Entenda a tentativa de censurar a internet no Brasil e os conheça protestos pelo país

censura na internet Censura na internet: porque o Brasil caminha a passos largos para se tornar uma nova China!

Cada vez mais os governantes brasileiros estão percebendo a duras penas, o poder da internet na organização de protestos e passeatas. Recentemente, o governador de São Paulo montou uma equipe para monitorar as redes sociais e evitar comparecer em locais onde ocorram protestos. Não sou eu que estou afirmando isto, já que está publicado na Folha de São Paulo e no Terra. Há uma preocupação cada vez maior em anular o pensamento livre na internet, manifestado por meio de sites, blogs e redes sociais. Muitos políticos criaram perfis pensando nas eleições de 2012, mas fracassam em seu uso por um motivo inacreditavelmente simples: eles tratam os usuários como uma massa amorfa e passiva, pronta a assimilar qualquer mensagem. Mas a realidade é bem diferente. Poucos aceitam essa atitude e param de seguir seus perfis, já que apenas enviam spams e não interagem de forma adequada.

Voltando ao assunto da censura, no campo internacional as coisas também não vão muito bem. Algumas leis, travestidas de leis de copyright, ameaçam sites e provedores. Veja só.

Sopa,Pipa e Acta

Embora Sopa e Pipa tenham sido arquivadas, recentemente falei sobre outra lei bem pior, o Acta, que já foi inclusive aprovado pelos EUA e Europa. No Brasil, o Itamaraty negou que vai assinar. Mas, sinceramente, você confia no nosso congresso? Se quiser saber mais sobre o Acta pode ler em Acta: conheça  o tratado que é pior que a sopa e a pipa


Mas não pense que no Brasil também não existem leis parecidas em votação. Você já ouviu falar da Lei Azeredo? Pois deveria. Entenda sobre ela na sequencia.

Lei Azeredo, o Sopa Brasileiro

censura na net Censura na internet: porque o Brasil caminha a passos largos para se tornar uma nova China!

Este  decreto (projeto de Lei nº 84/1999) visa tornar crime 12 tipos de ações praticadas na internet. Ficou popularmente conhecido como Lei Azeredo em razão de ter sido proposta pelo ex-senador e atualmente deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG). Entre as ações propostas por Azeredo, estão a destruição de dados eletrônicos de terceiros, o acesso e obtenção de informações em sistemas restritos sem autorização e a transferência não autorizada de dados ou informações particulares virariam crime, passíveis de prisão e multa. Ou seja, baixar MP3? Já era! É crime!

Muitas questões presentes nesse projeto realmente são cabíveis, como invasão de computadores, crimes de racismo e estelionato pela internet, injúria e difamação, que realmente ainda não possuem uma legislação que contemple crimes eletrônicos, Mesmo assim o projeto causa temores na sociedade. Que garantias existem que você não terá seus sites e sistemas invadidos pelo governo somente por que publicou algo contrário a ele? Esse blog aqui iria para os ares num piscar de olhos.

Bom, se você leitor(a) acha que meu título do texto foi exagerado e que ainda estamos muito longe de uma censura parecida com a chinesa, e que essas pequenas tentativas de censurarem a Internet não são algo a se preocupar, talvez você mude de opinião depois de ler o parágrafo abaixo.

Deputado cria lei que impede protestos nas ruas

E não é só na Internet que os políticos tentam abafar os protestos da população. O deputado estadual capixaba Luiz Durão (PDT) quer aprovar uma lei proibindo manifestações de rua. O deputado quer que as manifestações sejam restritas aos prédios das instituições às quais se destina a manifestação, proibindo que elas parem avenidas por exemplo. O argumento dele foi o mesmo que utilizou a Polícia Militar paulista para condenar a manifestações dos estudantes da USP na Avenida Paulista: as manifestações causam “transtorno” à população.

A idéia da lei ocorreu quando Durão ficou preso em um engarrafamento durante um protesto em Vitória, ES, contra o aumento abusivo das passagens de ônibus. Segundo o deputado, os protestos atrapalham quem não tem nada a ver com ele. Com certeza o deputado não tem nada a ver com o aumento. Afinal ele não pega ônibus, e nem tem de pagar passagem ganhando salário mínimo. Muitos setores da sociedade encararam a lei como uma tentativa de retorno à repressão da época da ditadura.

E aí, leitor. Você ainda acha que estamos tão distantes assim da censura da ditadura chinesa?

Referências: Terra, Midiatismo e Tribuna da praia

You can leave a response, or trackback from your own site.

11 Responses to “Censura na internet: porque o Brasil caminha a passos largos para se tornar uma nova China!”

  1. Bira says:

    Comecei achando interessante o tema, mas aí percebi que o texto todo é só pra livrar a cara dos ptralhas e dizer que tudo é culpa da oposição (se é que ela existe), faltou o “pesquisador” falar sobre a gangue cibenética paga com dinheiro público pelo PT (“não sou eu que está dizendo, foi publicado na falha de SP) para infestar blogs e sites com suas opiniões “isentas” patrocinadas pela Caixa, BB e Petromentirabras. Faltou dizer também que o tal “protesto” dos mauricinhos maconheiros da USP não tinha nada de protesto, apenas apologia ao uso de drogas que são comercializadas no campus com se fossem doces e salgados pelos tais “líderes estudantis”, finalizando, faltou ao “bogrero pogreççista” vergonha na cara…

  2. william haddad says:

    INTERNET LIVRE JÁ

  3. Amigo, eu concordo em partes com o que você disse e em partes não … uma vez que baixar mp3 sem autorização do autor de fato é crime … é a mesma coisa que piratear… então ai tem que coibir mesmo … é lógico teríamos que fazer novas leis, ou algum compartilhador como o e-tunes e outros que tem por ai … por um preço acessível a população em geral. Assim como já vemos em sites de aluguel de filmes pela web etc …
    Quanto a censurar a internet é meio complicado e também injusto … pois no Brasil é o único lugar em que o brasileiro se expressa de forma verdadeira …pois não tem coragem de fazer isso nas ruas.
    Proibir protestos então é algo que fere a constituição Brasileira de 1988 em vigor até hoje, em que todo brasileiro tem o livre direito a expressar seu ponto de vista seja qual for a ocasião.
    Pelo que li sobre a informação nãos estamos tratando da legitimação da “manifestação” da USP ou não (ao meu ponto de vista os “estudantes” tinham que levar a maior surra da vida deles, aquela que os pais não deram quando eles eram crianças) e sim do fato de um retardado tentar boicotar nosso direito de fazer protestos …

    Tenho um blog onde crítico várias coisas também, se puder da uma passada lá … é algo para pessoas que tem suas próprias opiniões assim como você …

    Sr. Bira… Se for pra criticar algo que seja no mínimo construtivo não isso que você fez … se você é tão inteligente assim exponha suas idéias na internet para nós debartermos

  4. Pamela says:

    Primeiro: As manifestações que ocorreram na usp não foram de forma alguma voltadas para uma apologia à maconha, e sim pelo fato de que o atual reitor tem tomado diversas atitudes que fazem os estudantes se sentirem na época da ditadura. Protestos são friamente repreendidos, alunos e funcionários que fazem parte de sindicatos e que querem alguns direitos garantidos estão sendo demitidos/expulsos e processados. Detalhe que na eleição para reitor havia 3 candidatos, ele foi o menos votado e assumiu o cargo. Estranho não? Obra dos nossos queridos Serra e Alckmin. Além de que, na usp INTEIRA rola maconha. Medicina, engenharia, direito.. Onde os policiais foram? Na FFLCH(Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas), onde começam e ocorrem os maiores movimentos. É claro que os policiais fizeram o trabalho deles, mas quero esclarecer que a questão não é a droga, isso que aconteceu foi a gota d’agua em relação ao reitor.
    Segundo: A questão da pm na usp. A chamada cidade universitária tem prefeito, guarda própria e tudo mais. É comprovado que nos lugares em que há guardas da usp, nunca acontece nada. Logo, treinar e colocar mais guardas lá dentro geraria MUITOS empregos mesmo. Até porque já falta policiamento nas ruas da cidade, não vejo motivo pra tirar polícia da rua e colocar lá dentro. É muita ingenuidade pensar que os políciais estão lá pra fazer ronda. Não estão! Estão para reprimir e ponto. Isso é fato, quem não enxerga é porque não quer.
    Terceiro: O movimento tem ideias muito legais sim, pede democracia, mas como em quase todo movimento.. Sempre tem 1 ou 2 que são muito radicais e têm o pensamento ‘vou quebrar tudo e que se foda’, e isso acaba com a moral de 300 pessoas facilmente.

    Enfim, só quis esclarecer essas coisas por causa da ignorância e visão globo de alguns (vulgo Bira).

    Quanto à matéria, muito boa e esclarecedora.

  5. Misael says:

    Cara,proibir manifestações em ruas,isto nunca acontecerá. Como disse o @RafaSorigoti ,está na constituição. Vetos a livre disponibilização de conteúdos com direitos autorais e que o autor determine certa quantia é certa,imagine você criar um trabalho e depois várias pessoas virem e pegarem e diserem ser de própria autoria o trabalho que você fez (apenas um exemplo). O texto não tem uma profundidade maior no assunto,só traz alguns BOATOS,que.vamos combinar,não tem nada a ver! Se você conhecesse a China,veria a internet lá é imenssamente mais terrível que aqui,o Brasil não tem quase nada em termos de “Censura” na internet! Por favor né,não façam tempestade em copo d’água,parecem até crianças,imaginando grandes monstro onde não há nad,mas como crianças você ainda irão crescer e compreenderão a verdade!

  6. claro says:

    olha! pra dizer tudo começou quando lula pela primeira vez assumiu oBrasil como Presidente entrada pra um começo de uma ditadura primeiro comparamos há historia e conduta do perfil. sabemos que tudo que é contrario que agente aprendeu e sabia eles insistião com expresão força total e consequirão.Então ai é so entregar de barbada aos enteresados e eles são dominantes ploriferão no Brasil rapidamente ai vem a manipulação para o povo. pena o Brasil ta aseitando comandos da central mais rica do mundo digo mais eles vão agir ultimamente com força!

  7. Paul says:

    ANONYMUS, metralha na petralha…

  8. Caroline says:

    PQP, como uma pessoa como esse tal de CLARO se dispõe a fazer um comentário na internet sem sequer saber escrever o português correto? Volta pra pré-escola pra poder expressar sua opinião de forma que os leitorem entendam. Analfabeto!

  9. CLARO says:

    É PRA VOCÊ Caroline que se acha perfeita em tudo e julga a letra mas na pratica uma zera esquerda. aqui estamos questionando expondo idéias oque pode acontecer! e quanto a me dissifrar como analfabeto jugas bem aprendeste tanto que até apredendeu desrespeitar eai fala sobre censura! VOCÊ QUÉR UMA INTERNET LIVRE PARA TODOS?

  10. Lina says:

    Da bem pra si entender o que seu Claro quer dizer sua caroline ratona! você discrimina os Analfabeto? volte as aulas e aprenda educação!

  11. gabriel says:

    Afinal ele não pega ônibus, e nem tem de pagar passagem ganhando salário mínimo. Muitos setores da sociedade encararam a lei como uma tentativa de retorno à repressão da época da ditadura.

    Ai, pra voces que moram em Espirito Santo ve se pensam duas vezes antes de votar nessa criatura, queria que ele falasse isso perto de mim pra ouvir umas coisas e caso retrucasse ia levar um murro pra nao esquecer nunca +.

Quer deixar seu comentário?

What is 2 + 2 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Responda essa continha, senão o comentário não é registrado! É pra evitar spam, sabe como é, né?