Cultura Nerd, Notícias bizarras, Tecnologia

Estudo revela que videogames tem o mesmo efeito da cocaína no cérebro!


Terapeuta britânico gera polêmica ao dizer que videogame vicia e provoca efeitos comportamentais parecidos com os da droga.

video game

Se você costuma jogar muito videogame ou conhece alguém que joga, é melhor ficar ligado, ou vai acabar só o pó.

Um recente estudo divulgado pelo terapeuta Steve Pope tem dado o que falar. De acordo com ele, está havendo um grande aumento no número de jovens viciados em videogame – este, aliás, seria o vício que mais cresce naquele país. Uma das explicações apresentadas pelo terapeuta é a de que as pessoas cada vez mais usam os games para escapar do mundo real e acabam viciadas na adrenalina que a atividade libera.

O estudo mostrou que o comportamento que alguns jovens apresentam pode então ser comparado ao uso da droga, como pular refeições, matar aula e até mesmo roubar dos pais para conseguir comprar mais jogos. Além disso, Pope cita casos extremos de jovens que atende, como o de um garoto de 14 anos que jogou por 24 horas sem parar e apresentou sinais de desidratação e mal estar. Quando os pais tentaram tirar o game dele, ele se tornou agressivo e ameaçou se jogar da janela.


Pope diz que atende pelo menos duas crianças por semana que jogam excessivamente – e que mais de duas horas por dia no game produzem o “barato” equivalente a usar uma carreira de cocaína. Por enquanto, ele segue examinando os jovens para uma comprovação melhor de seu estudo.

Os efeitos seriam tão visíveis que algumas equipes esportivas já estariam se preocupando e proibindo atletas de jogar antes das partidas. Isso porque, nas palavras de Pope, os jogos causariam um “barato natural” que levaria a um desbalanceamento químico no organismo e, consequentemente, diminuiriam a performance dos atletas em campo.

Pope cita como exemplo a equipe de futebol Fleetwood Town, na qual ele trabalha como psicoterapueta: lá, os dirigentes proibiram os atletas de usar qualquer game pelo menos 24 horas antes de um jogo.

Fonte: Revista Abril

E você? o que acha desse estudo? Concorda? Discorda? Deixa sua opinião nos comentários.

Recomendados para você:

7 Comments

  1. Ele generaliza o efeito do vício em game como se todos tivessem o mesmo comportamento e reação, por isso discordo, seres humanos são diferentes e mesmos viciados em cocaína possuem vários comportamentos sob ação da droga.

  2. o psicologo eh um cara q nunca viveu a vida, e quer ligar coisas independetes para provar seu ponto

    a iolência do menino que foi afastado do video-game nada mais é que ausência de limites imposta pelos pais, mas um psicólogo não poderia prever isso….

    se eh verdade esse post eh mto fail

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

What is 13 + 14 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Responda essa continha, senão o comentário não é registrado! É pra evitar spam, sabe como é, né?